quinta-feira, 16 de junho de 2011

BAIRRO DA SAÚDE OU TRÊS RANCHOS E A ILHA DO LAZARETO

Por Mauro Luiz Senra Fernandes


O médico Dr. Paulo da Fonseca


O Bairro da Saúde, a princípio recebeu o nome de Três Ranchos, pelo fato dos tropeiros penetrarem e descansarem ali para seguirem viagem depois. Sendo que, em meados do ano de 1892 vieram a esta cidade um grupo peregrino de Missionários, com objetivo de catequizar e evangelizar as pessoas e pregar a palavra de Deus. Esses Missionários, segundo fonte oral, foram mal recebidos pela população geral. O único lugar em que estes Missionários foram bem recebidos e tratados como gente, foi justamente no bairro Três Ranchos. Eles se hospedaram na casa da família de Dona Luíza Páscoa dos Santos. Em seguida, foram para a Fazenda São Luiz, onde ficaram alguns dias. A Fazenda São Luiz era de propriedade do Barão de Guararema e de sua mãe Dona Maria D’Almeida Pimenta de Souza Breves. O Barão escolheu os melhores cavalos, mandou arreá-los para que os Missionários pudessem voltar ao local de onde vieram – São Paulo.

Ao se despedirem, falaram que, assim que eles saíssem daqui iria se abater sobre a localidade uma peste para lavar as ofensas e injúrias... E assim aconteceu... Veio uma epidemia que assolou a cidade e matou 37 pessoas, entre crianças, adultos e idosos. Esses doentes foram tratados pelo médico Dr. Paulo da Fonseca, que lutou bravamente para curar seus doentes... Todos em vão... Os mortos foram levados para a Ilha de Porto Novo, enterrados lá, que na época recebeu o nome de Lazareto Municipal – depois Ilha do Lazareto.
O único local onde os habitantes não ficaram doentes foi o Bairro Três Ranchos, daí por diante, este local passou a se chamar Bairro da Saúde.

Varíola Hemorrágica

No período de 7 de junho a 12 de dezembro de 1892, assolou em Além Paraíba a varíola hemorrágica. Setenta e nove pessoas, dentre crianças e idosos, faleceram vitimados pela doença maligna e realmente foram enterrados na Ilha do Lazareto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário