sábado, 29 de dezembro de 2012

"QUEM NÃO CONHECE A HISTÓRIA, CORRE O RISCO DE REPETI-LA"

UMA HISTÓRIA DE ALÉM PARAÍBA - MINAS GERAIS - POR MAURO LUIZ SENRA FERNANDES

domingo, 16 de dezembro de 2012

GAZETA DE LEOPOLDINA, 4 DE AGOSTO DE 1915



"Um caso sensacional ocorreu anteontem, no Rio de Janeiro. 

O barão Werther, quando assaltava a casa de sua mulher, baronesa de Werther, filha do saudoso chanceler barão do Rio Branco e da qual está divorciada, para tomar-lhe os filhos, foi assassinado a tiros justamente com um dos seus companheiros.

Este triste acontecimento causou extraordinária sensação no Rio, cuja imprensa comenta-o largamente."

Amélia do Rio Branco com seus filhos, Maria Margarida e José Maria - Acervo da Mapoteca do 
Itamaraty no Rio de Janeiro.

sábado, 24 de novembro de 2012

A IRMANDADE DO SAGRADO SANTÍSSIMO SACRAMENTO DE SÃO JOSÉ DE ALÉM PARAÍBA



Por Mauro Luiz Senra Fernandes



Foi fundada em 1869, tendo sido os seus estatutos reformados em 9 de maio de 1902, e acham-se devidamente registrados no registro geral desta comarca, em virtude do regulamento nº 173 de 10 de setembro de 1893.

Um dos fundadores dessa Irmandade foi o Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca, provedor da obra da matriz de São José.

A Irmandade do Santíssimo é responsável pela administração do Cemitério do Santíssimo, solo sagrado onde foram sepultados vários pioneiros de Além Paraíba.

 Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca


Cel.Joaquim Luiz de Souza Breves


Jazigo do primeiro presidente da Câmara Municipal de Além Paraíba, Cel. Joaquim Luiz de Souza Breves, falecido em 1892.
 Barão de Guararema


Jazigo da pioneira Maria Pimenta de Almeida Breves (avó do Barão do Louriçal) e seu filho Luiz de Souza Breves – o Barão de Guararema.


 Jazigo do Dr. Luiz Sobral Pinto, avó do grande jurísta brasileiro Dr. Heráclito Fontoura de Sobral Pinto, falecido em 19 de fevereiro de 1882.



Jazigo de Thomaz Ferreira da Fonseca, irmão e sogro do Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca e falecido  em 18 de outubro de 1871.

 
Mausoléu da família do Cel. Oscar de Figueiredo Côrtes, falecido em 1934 e sua esposa Josephina Ferreira da Fonseca, falecida 1907.

Jazigo da pioneira Josepha Maria de Assumpção falecida em 1865. Era mãe do Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca, sogra e tia da Baronesa de Juiz de Fora e tia da Baronesa de Santana (mãe do Comendador Mariano Procópio).


  Jazigo do industrial e fazendeiro Dr. Alfredo Martins de Lima Castello Branco, falecido em 1946.
 

 Jazigo de Ernestina Fonseca Castello Branco, falecida em 1900.


 Jazigo do fazendeiro Herculano J. F. Côrtes, falecido em 1898 e sua esposa Emerenciana  T. Côrtes, falecida em 1919.
Jazigo de Rosa Francisca Monteiro de Barros, nascida em 1836 e faleceu em 1887.

 Jazigo de Alda Eugênia Monteiro de Barros - Baronesa de Santa Alda, falecida em 1889.

Jazigo de Maria Eugênia Monteiro de Barros Breves, nascida em 1863 e falecida em 1884.

Jazido de Maria Thereza Monteiro de Barros, nascida em 1885 e falecida em 1887.

Jazigo de Maria Carleton de Oliveira Fernandes, falecida em 1874.

 
Jazido da família de Manoel José Gonçalves Esquerdo, nascido em Portugal em 1832 e falecido em 1912.

Jazigo do padre João Barriga, falecido em 1896.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

FAZENDA DOS ALPES - MAR DE ESPANHA - MG

Por Mauro Luiz Senra Fernandes




A Fazenda dos Alpes foi fundada pelo sesmeiro Francisco Leite Ribeiro, que recebeu a concessão de sesmaria em 13 de maio de 1817.

Capitão de Ordenanças Francisco Leite Ribeiro nascido em 13 de agosto de 1780 e falecido em 1844, era filho legitimo de José Leite Ribeiro e Escolástica Maria de Jesus.

Casou em primeiras núpcias com Tereza Angélica de Jesus Vidal, em 04 de fevereiro de 1809 e em segundas núpcias, com Francisca Caetano de Oliveira, falecida em 06 de setembro de1840.

Em 19 de outubro de 1842 recebeu o título de Comendador da Ordem Imperial da Rosa pelos relevantes serviços prestados na pacificação do levante de 1842, em Minas Gerais.

Era irmão de Custódio Ferreira Leite – o Barão de Ayuroca.

A Fazenda dos Alpes ficou de herança para o seu filho Joaquim Vidal Leite Ribeiro, que mais tarde vendeu para Francisco de Assis Monteiro Breves – o Barão de Louriçal, natural de Além Paraíba, nascido em 1847 e era filho do Major José Luiz de Souza Breves e Amélia Augusta Monteiro Breves. Faleceu em 27 de dezembro de 1894, deixando à fazenda para os seus quinze filhos que teve com as cinco escravas, conforme o seu testamento.

 Barão do Louriçal e o seu Testamento 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PESQUISA GENEALÓGICA PARA ADQUIRIR CIDADANIA ESTRANGEIRA NA REGIÃO DE ALÉM PARAÍBA, ANGUSTURA, MAR DE ESPANHA, SANTO ANTONIO DO AVENTUREIRO... MINAS GERAIS



Mauro Luiz Senra Fernandes 
Professor de História - Licenciatura Plena
Especialista em Educação/História - 420h/aula
Especialista em Gestão Escolar – 420h/aula

Endereço: Travessa Bias Fortes, 22 – Morro da Conceição
Porto Novo – Além Paraíba – MG
Tel.: (32) 9131.6509 –msenrafernandes@hotmail.com

Projetos Concluídos no Campo da História e ASCOM:

·        Concluindo uma nova publicação sobre a História de Além Paraíba – 2012;
·        ASCOM - Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Além Paraíba – Publicação de Informativo e Blog “Além Paraíba Minha Cidade” – WWW.alemparaibaminhacidade.blogspot.com ;
·        Blog “Além Paraíba História – Mauro Senra” – WWW.alemparaibahistoria.blogspot.com;
·        Criação e Edição do Informativo “ACIAP INFORMA” – Associação Comercial de Além Paraíba;
·        Revista Comemorativa dos 15 Anos da UNIMED de Além Paraíba – Assessoria de Comunicação – 2008;
·         Livro: “Lembranças de Dantes – Uma História de Além Paraíba” – 2008;
·         Exposição Fotográfica da “Sociedade Cafeeira de Zona da Mata Mineira” – Casa da Cultura de Além Paraíba – novembro de 2007;
·         DVD – A Trajetória do Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca e a
Fazenda Barra do Peixe – 2007;
·         DVD – “No Tempo de Dantes – História de Além Paraíba” – 2006;
·         DVD – “História da Família Villela e a Fazenda da Cachoeirinha” – 2007;
·         Monografia de conclusão de curso: “A Trajetória do Comendador Simplício José Ferreira da Fonseca (1813/1894), de Tropeiro a Grande Cafeicultor
de Além Paraíba” – 2007;
·         Informativo Histórico da História de Além Paraíba e Região: “No Tempo de Dantes” – com duas edições mensais, de dezembro de 2005 até 2007;
·         Livro: “Além Paraíba - Álbum de Recordações” – II Edição – 2005;
·         Livro: “Famílias Que Povoaram a Zona da Mata Mineira” – II Edição – 2004;
·         Livro: “Além Paraíba - Álbum de Recordações” – I Edição – 2001;
·         Livro: “Famílias Que Povoaram a Zona da Mata Mineira” - I Edição – 2001.



quarta-feira, 24 de outubro de 2012

FAMÍLIA MARTINS FERREIRA E FRANCISCO MARTINS FERREIRA

Por Mauro Luiz Senra Fernandes




Francisco Martins Ferreira nasceu no Distrito de Angustura – Além Paraíba, MG, em 1856 e foi batizado em 15 de janeiro de 1856, era filho do Tenente Coronel Joaquim Martins Ferreira e Maria Esméria Carvalho Leite.

Seu pai Tenente Coronel Joaquim Martins Ferreira, foi grande fazendeiro no Município de Além Paraíba, proprietário de grande fortuna e recusou a receber o Título de Baronato.

Seus avós paternos eram o Capitão Felix Martins Ferreira e Anna Gonçalves Cruz e seus avós maternos eram Antonio Gomes de Carvalho e Maria Josepha de Souza.

Seus irmãos:

Joaquim Martins Ferreira nasceu em 1842 e casou-se com Virgínia Amália Vidal Leite Ribeiro; Carlos Martins Ferreira nasceu em 1844; Custódio Ferreira Martins nasceu em 1846; Maria Martins Ferreira nasceu em 1848; Francisca Bernardina nasceu em 1850 e casou-se com Gabriel Villela de Andrade; Félix Martins Ferreira, proprietário da Fazenda Araribá em Angustura, nasceu em 1852 e casou-se com Heliodora Pinheiro Corrêa Lacerda; Lindolpho Martins Ferreira, nasceu em 1854; Ernestina Martins Ferreira, nasceu em 1858; e Gabriel Martins Ferreira, nasceu em 3 de dezembro de 1859, casou-se Maria Gabriela Villela de Andrade, filha de Casemiro Villela de Andrade e Cândida Cardoso Villela;

A fotografia foi tirada por volta de 1909, Francisco Martins Ferreira em frente a sua casa na Rua Desembargador Izidro – Tijuca – Rio de Janeiro.


Aparecem sua esposa Gabriela Andrade de Botelho, filha de Tomé Inácio Botelho e Ana Ribeiro de Andrade; Francisco Martins Ferreira, os filhos Otília, Décio, no colo Beatriz e Tito junto a Francisco. Acima, Francisco Martins Ferreira Filho, Gabriela, Anna, Maria, Joaquim Martins Ferreira.
 
Carlos Martins Ferreira
 
Francisca Bernardina Martins Ferreira e seu esposo Gabriel Villela de Andrade 
 
Maria Gabriela Villela de Andrade e Gabriel Martins Ferreira

Fonte: Humberto L. Martins Ferreira