segunda-feira, 4 de março de 2013

RESGATANDO VALORES EM ALÉM PARAÍBA




Por Mauro Luiz Senra Fernandes



“Uma cidade não é o Homem ou a mulher que passa, a criança estudando, as autoridades no exercício de seus deveres, o operário trabalhando.

Tão pouco é a sua geografia, sua primaveras e verões, as incidentes tempestades e bonanças, a indústria e o comércio que lhe dão movimento e fazendo pulsar e prosperar as instituições profissionais ou recreativas.
O termo “cidade” ultrapassa os limites do que faz no pretérito, misturando glórias e dissabores, heróis e “João Ninguém”, tristezas e alegrias, fama e descrédito, vitórias e derrotas.

Nem mesmo o poder ocasional e temporal confiado às mulheres e aos homens públicos que governam, pela transitoriedade de maior ou menor dos cargos exercidos.

Pois cidade é algo mais duradouro, é a soma de tudo quanto ficou dito e mais alguma coisa, iniciada no instante de sua fundação e formação étnica, atravessando os anos de sua existência, cruzando o presente, continuando enquanto existir pedra sobre pedra, homens e mais mulheres, vida e mais vida. Mas sobretudo, desde que haja fraternidade, amor à terra, discussão construtiva, vontade em servi-la honestamente e desinteressadamente, debate puro e verdadeiro, desprendimento e senso de cidadania e de justiça.”

Um comentário:

  1. luciano fernandes5 de março de 2013 12:49

    parabéns ,acho que , é isso .... parabéns é a palavra mais certa mais sensata pra resumir o sentimento ao ler o seu texto .é de uma ....é ate dificil de explicar mais tipo "puxa " la de dentro o amor que temos por além paraiba . parabéns curto muito o seu blog ; luciano

    ResponderExcluir