domingo, 4 de dezembro de 2011

CHRISTIANO GONÇALVES FILGUEIRAS

Por Mauro Luiz Senra Fernandes



A família Gonçalves Filgueiras se inicia na Zona da Mata Mineira com o pioneiro Francisco Gonçalves Filgueiras e sua esposa Leonor Maria de Jesus, que recebeu a sesmaria que se transformou na Fazenda Independência, na freguesia de São Sebastião do Feijão Cru, que em 27 de abril de 1854, pela Lei 886, ganhou o título de Vila Leopoldina.

Entre seus filhos, Manoel Gonçalves Filgueiras, que era proprietário da Fazenda Estrela, em Além Paraíba, casado em primeiro matrimônio com Maria Jacintha de Oliveira Senra, nascida na Fazenda Vargem Grande do Rio Angu no ano de 1840 e faleceu em 2 de junho de 1868 – aos vinte oito anos de idade de “Hemorragia post partum”, filha de Manoel de Oliveira Senra e Maria Luiza de Jesus.

Após o falecimento de sua primeira esposa, casou-se em 19 de janeiro de 1870, na Capela de Santo Antônio do Aventureiro com Isabel Gomes da Costa, filha de Manoel Gomes Jatay e Anna de Jesus.

De seu primeiro matrimônio teve os seguintes filhos:
Manoel, Joaquim, Theophilo, Maria Luiza, Emília, Balbina, Onofre e Antônio.
De seu segundo matrimônio teve os seguintes filhos:
Christiano, Adamastor, Alberto, Virgílio, Alfredo, Sophia, Corina, e Hercília.

Conforme citou a sua filha Sophia no Jornal Estado de Minas, em 1º de maio de 1988, após a abolição da dos escravos, Manoel Gonçalves Filgueiras não conseguiu continuar administrando a sua fazenda e faleceu de desgosto.

Seu filho Christiano Gonçalves Filgueiras nasceu em 1871, foi um empreendedor e progressista personagem, prospero comerciante no ramo de secos e molhados em Além Paraíba e em setembro de 1925 mudou de ramo, fundou a Tipografia e Papelaria Casa Cruzeiro.

Foi casado com Jacynta da Costa Filgueiras – “Dona Sinhá”, filha de Anacleto Dias da Costa e Presciliana Augusta da Costa, e tiveram os seguintes filhos:
Acácio, casado com Hercília Campos Filgueiras; Anacleto, casado com Maria Augusta Filgueiras; Onofre, casado com Guaraciaba Vale Filgueiras; Manoel, casado com Lectícia Almeida Filgueiras; José, casado com Vivaldina Filgueiras; Isabel, casada com João Carvalho; Maria José, casada com Zeno Mello; Presciliana, casada com Waldemar Martins; Djanira, casada com Nelson Ghetti; Hercília, casada com Antônio Pereira de Araújo; Iracema; e Waldyr Gonçalves Filgueiras, casado com Vera Lobo Filgueiras.

Christiano Gonçalves Filgueiras faleceu em Além Paraíba com noventa e dois anos de idade, em 1963.

Fotografia tirada em ocasião das Bodas de Prata de Christiano Gonçalves Filgueiras e Jacynta da Costa Filgueiras, os filhos Acácio, Anacleto, Onofre, Manoel, José, Isabel, Maria José, Presciliana, Djanira, Hercília, Iracema e Lucília, além de sua mãe Isabel Gomes Filgueiras

Porto Novo - Prédio da Tipografia e Papelaria Casa Cruzeiro

11 comentários:

  1. Olá Mauro
    Vc poderia ajudar-me a localizar a fonte para "Leonor Maria de Jesus, [que] recebeu a sesmaria que se transformou na Fazenda Independência, na freguesia de São Sebastião do Feijão Cru"?
    Obrigada,

    ResponderExcluir
  2. Olá Nilza!
    A fonte que me pediu é o livro "Sertões de Leste", de Celso Falabella de Figueiredo Castro.
    "Em 1854 eram grandes fazendeiros na jurisdição que compreendia a nova Vila: Francisco Gonçalves Filgueiras - Fazenda Independência - I Sesmaria".

    ResponderExcluir
  3. Angela Almeida Filgueiras6 de dezembro de 2011 02:01

    Bom dia Mauro!Muito bom saber e relembrar a história de nossa família.Uma parte sabemos de "ouvir contar".Mas a pesquisa e o registro da história mostra a trajetória de nossos antepassados.Assim podemos contar aos mais novos com exatidão.Parabéns pelo seu valioso trabalho e muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  4. MARIA ELISA FILGUEIRAS LAMIM6 de dezembro de 2011 03:21

    Nossa!! Que emoção ler toda essa história!!!
    As fotos eu conhecia, mas a história detalhada assim não.
    Obrigada Maiuro, você é o cara.
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Roberta Filgueiras Barroca Faria7 de dezembro de 2011 16:28

    Oi Mauro! Saber mais sobre nossa história é sempre muito bom. Quero te agradecer por abrir esse espaço em seu blog pra contar um pouco da história dessa família que tanto amo e tenho orgulho de fazer parte.Lendo seu blog parece que estava ao lado da tia Ud contando suas lembranças, aliás ela tem um ótimo acervo pra você. Beijos meu querido amigo e parabéns pelo seu trabalho. Você é único.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Mauro, pela informação. Este é mais um caso complicado para mim. Não encontrei concessão de sesmaria para Francisco nem para Leonor e, conforme o Registro de Terras, a Fazenda Independência pertencia a João Vidal Leite Ribeiro. Aliás, a relação de fazendeiros que compõe a nota 54, capítulo XIII do Falabella apresenta outras divergências com as fontes originais.

    ResponderExcluir
  7. Por favor procuro a quem poder informar sobre meu avô materno Severino Gonçalves Filgueiras de se São Manoel do Mutum. Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  8. Meu pai e Goncalves Filgueiras e ate hoje ele nao sabe de onde e esse Goncalves. Tem algum lugar que eu possa pesquisar? Claudia S Filgueiras

    ResponderExcluir
  9. Claudia S Filgueiras25 de julho de 2012 13:18

    Como posso pesquisar sobre meus antepassados?

    ResponderExcluir
  10. voce sabia que desde 1671 ja tinha familia gonçalves filgueiras em minas geraes costa nome de manuel gonçalves figueiras e de maria g. filgueiras sogra da matiaqs governador da bahia na caça au ouro nas minas geraes mais imformação entre feice ou amail jgpaixao@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Na relação de filhos de meus avós, Manoel Gonçalves Filgueiras e Jacynta da Costa Filgueiras não consta o nome de minha mãe, Lucília que se casou com Francisco Villela Santos em 1944.

    ResponderExcluir