quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

IMAGEM DE NOSSA SENHORA É ROUBADA NO CEMITÉIO DO DISTRITO DE TEBAS - LEOPOLDINA -MG

Por Mauro Luiz Senra Fernandes

Foi no Distrito de Tebas, na cidade mineira de Leopoldina, que roubaram a imagem de mármore do referido cemitério.

O jazigo pertence a família de um pioneiro Cel. José Pereira de Jesus.

O fato já tem alguns anos passados e até hoje nada foi descoberto.






O Cel. José Pereira de Jesus foi imigrante português e grande cafeicultor no municio de Leopoldina MG. 

Nasceu no dia 30 de Agosto de 1828, na cidade de Espinho, em Portugal e era filho de Manoel Pereira de Jesus e Dona Anna Alves dos Reis.

Veio para o Brasil no ano de 1851, onde ficou quatro anos. Voltando para sua "Terra Natal", lá ficou dois anos, regressando em 1857 para o Rio de Janeiro, onde residiu perto de sete anos.

Em 1864, transferiu-se para São Pedro de Alcântara, Distrito de Juiz de Fora e em 4 de agosto de 1865, casou-se com Dona Ambrozina Francisca d'Azevedo Pereira, filha de José Martins d'Azevedo e Dona Senhorsinha Laura d'Azevedo

José Pereira de Jesus transferiu-se para Thebas, Distrito de Leopoldina, Minas Gerais, em 1876 e adquiriu a Fazenda de Santa Tereza e faleceu no dia 22 de abril de 1924 com noventa e seis anos de idade.

2 comentários:

  1. Muito interessante, Mauro. Agora fico aqui intrigada querendo saber como pode desaparecer uma estátua desse tamanho... ;)

    ResponderExcluir